Quen-Quen BlackBerry enthusiast, entrepreneur, beer sommelier, web designer, social media lover and particularly excited by Firefox OS.

Viciado em BlackBerry, amante das Mídias Sociais e apreciador de uma boa Cerveja!

Alguns pesquisadores da indústria chamados “xpvqus” e “neuralic” descobriram um jailbreak para o PlayBook. Ao ganhar acesso a raiz do tablet os donos, desenvolvedores e hackers passam a se divertir mais com o dispositivo.

A RIM discorda. “O termo jailbreaking [utilizado pelos pesquisadores quando informaram sobre o acesso a raiz do tablet no Twitter] é comumente usado para descrever alterações de software, em smartphones ou tablets, para ter acesso ao sistema ou aplicações não autorizadas ou distribuídas pelo fabricante. Os usuários dos smartphones BlackBerry não serão afetados. A RIM já investiga essa alegação e está em contato com um dos pesquisadores para conversar sobre o ocorrido”, dizia um comunicado oficial da companhia.

Em outras palavras, a RIM afirma que não tem certeza se o jailbreak é legítimo – apesar dos vídeos postados pelos pesquisadores que sugerem o contrário.

A companhia tem que ficar alerta em relação ao PlayBook, especialmente quando se trata de segurança.

No início deste ano, o tablet foi aprovado pelo Instituto Nacional de Padrões de Tecnologia dos Estados Unidos, o NIST, que deu ao dispositivo o certificado FIPS. Nenhum outro produto deste tipo tem este título.

Então se tornou uma questão de honra quebrar a segurança do Playbook.

“A RIM não está ciente de outro jailbreak  que não o dos pesquisadores que afirmam ter realizado o acesso a raiz do produto em seus próprios dispositivos”, continuou. ”Se for determinado que a alegação é verdadeira, a companhia irá seguir o seu processo de resposta padrão para desenvolver e lançar uma atualização de software que é projetada para minimizar o impacto adverso para os nossos clientes ou parceiros de operadora.”

(Source: itweb.com.br)

Hide notes

  1. quenquen posted this